Blog

Tratamento de diabetes sem remédio é objeto de pesquisa na USP

A Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), no interior paulista, procura voluntários para participar de uma pesquisa sobre um novo tratamento de diabete, que dispensaria o uso de medicamentos. Os interessados devem ter entre 30 e 60 anos, dispor do tipo 2 da doença, não utilizar insulina e apresentar descontrole metabólico (colesterol e triglicérides acima de 200 mg/dL).

O tratamento consiste em controlar a doença por meio de uma rígida dieta personalizada. “Nós vamos de encontro à indústria farmacêutica, que sempre entra com remédio”, afirma o pesquisador do Departamento de Endocrinologia da FMRP-USP, Rafael Ferraz. Segundo ele, que coordena o estudo ao lado da professora Maria Cristina Foss-Freitas, a pesquisa desenvolveu um protocolo alimentar capaz de reduzir a ingestão de calorias a um patamar que ativa o metabolismo energético, mas não causa desnutrição.

“A gente conseguiu achar uma fórmula matemática e transformá-la em alimento, em macronutrientes ideais para cada paciente e reverter a diabete”, explica Ferraz. “Dados preliminares de sete pacientes mostram que conseguimos controlar a diabete e a dislipidemia, além de reduzir níveis de pressão a índices saudáveis”.

Para avaliar a evolução clínica dos pacientes, são feitos exames bioquímicos, clínicos e moleculares, além de observação em tempo real do organismo. O tratamento dura 27 dias e há 33 vagas disponíveis para voluntários. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail endocrinodiabetesfmrp@gmail.com. Por fim, os pesquisadores pedem que os voluntários enviem resultados atualizados de glicose, colesterol e triglicérides.

Fonte: univadis

Leave a Comment

Name*

Email* (never published)

Website